Connect with us

Geral

Moradores e Comissão da Alerj denunciam fuga de jacarés da Lagoa de Piratininga

Animais teriam se deslocado após obras da Prefeitura

Publicado

em

Jacarés-do-papo-amarelo fogem da Lagoa de Piratininga. Foto: Divulgação

A Comissão de Defesa do Meio Ambiente da Alerj (CDMA) realizou uma vistoria no Canal do Camboatá, na última semana, e identificou a presença de jacarés-do-papo-amarelo na região que recebeu obras do projeto Parque Orla de Piratininga, na entrada de Camboinhas. Moradores constataram o mesmo fato e disseram que os animais estão sendo vistos no local há cerca de um mês. Segundo técnicos da comissão, a movimentação indica que os animais estão fugindo da Lagoa de Piratininga, provavelmente em busca de sobrevivência após as obras da Prefeitura de Niterói.

De acordo com o deputado Gustavo Schmidt, presidente da CDMA, as intervenções têm afetado a fauna e a flora da região. A equipe da Alerj fez cinco vistorias no local das obras e voltaram a observar irregularidades. Segundo Gustavo, a fuga dos jacarés, prejudicial ao equilíbrio do sistema lagunar, é apenas uma das consequências.

No final do ano passado, após vistoria realizada pela Alerj, a equipe enviou ofício à Prefeitura pedindo o embargo do empreendimento, pois havia indícios de extinção de espécies animais, além de destruição de abrigos, ninhos e criadouros naturais. Na ocasião, também foi solicitado a apresentação do inventário faunístico e dos projetos de conservação, manejo, resgate e monitoramento dos animais e dos danos ambientais causados pelas intervenções.

O deputado informou que a Guarda Ambiental Municipal já foi acionada para que os animais sejam resgatados.

Jacarés são vistos passando por baixo da ponte do Canal do Camboatá, na entrada de Camboinhas. Foto: Divulgação

Com informações de O Globo

Publicidade

Populares